24 de abr de 2017

{Cinema} Extra - 3 séries para ver na Netflix

Olá amores, como estão?
Hoje a postagem é sobre algo que eu amo (aposto que você também né?!) 
Séries. Todo mundo agora só fala em Os 13 Porquês, que por sinal ainda não assisti.
Vou começar minha maratona no próximo mês. Mas hoje estou aqui para falar de outras séries.

kURT sEYIT E sURA


Sinopse: Kurt Seyit é um tenente mulherengo bonito, filho mais velho de um rico proprietário de terras da Criméia Turca. Seyit participa de um baile em São Petersburgo e faz uma aposta com seus amigos: Beijará a primeira menina que entrar na sala. Sura é a filha caçula de uma família nobre russa e vêm antes da alta sociedade no baile . Quando Sura entra no salão de baile, eles se apaixonam à primeira vista e logo começam um caso cheio de obstáculos. O pai de Seyit , Mirza Eminof, quer que o seu filho case com uma mulher turca muçulmana para garantir a prole. Por outro lado , a família de Sura quer que ela se case com homem rico e nobre da Rússia.O amor de ambos é testado pela guerra, mas também comprometido devido às intrigas de Petro Borinsky e Baronesa Lola. - Fonte: Filmow
 A série é baseada no livro de Nermin Bezmen (neta de Seyit) que conta essa história de um amor real. Tem todas as premissas de um ótimo romance de época daqueles de tirar o fôlego: Trama que te prende, casal cativante e romântico, mocinho que é um pitéu e um vilão que queremos bater e dar amor ao mesmo tempo.. Estou apaixonada com a qualidade da produção, fotografia, figurino e cenários. Sem falar o contexto histórico - guerras, tensões políticas, período (se inicia nos anos 20) que eu amo.

                                                   GRIMM



Sinopse: Quando o detetive da divisão de homicídios Nick Burkhardt recebe a visita de sua tia doente, recebe a explicação para todas as coisas estranhas que tem visto. Ela conta que são os "Grimms", caçadores encarregados de proteger a humanidade de criaturas supernaturais. Nick examina mais profundamente o passado da tia e descobre que ele também deve assumir a responsabilidade de seus ancestrais e lidar com a mitologia dos Irmãos Grimm. À medida que Burkhardt tenta esconder os perigos de sua nova missão de sua noiva e de seu parceiro, se envolve mais com as antigas rivalidades do mundo dos Grimm. (Foto: Wikipédia)

Como sinopse já diz Grimm gira em torno de Nick Burkhardt (David Guintoli) um detetive de homicídios da cidade de Portland, que tem a vida virada do avesso quando começa a ver coisas inexplicáveis e que ninguém mais via. Ele passou aver monstros nos rostos das pessoas.
Sua tia Marie retorna, para revelar à Nick que ambos são descendentes de uma linhagem de caçadores, chamados Grimm. Porém Nick é um dos últimos descendentes Grimm, tendo o dom da visão que lhe permite olhar uma pessoa e reconhecer se é um Wesen ou não, pois quando se a pessoa não estiver digamos se controlando, se estiver com o emocional desestabilizado ou triste ou com muita raiva, ele acaba se transformando permitindo assim que o Grimm consiga enxergá-lo como ele realmente é. 
A série já foi finalizada, conta com o total de 6 temporadas.
Eu estou na 4ª temporada. Quero fazer posts falando sobre cada uma das temporadas e das minhas impressões, pra quem não assistir ter uma noção melhor do que esperar da série.


Adalind Schade -  hexenbiest

                                       Wynonna Earp



Sinopse: Depois de anos de fuga e em detenção juvenil, Wynonna Earp está finalmente voltando para casa. O único problema é que ninguém em casa quer que ela volte. Mas quando ela se torna a única esperança da cidade de erradicar demônios misteriosos, Wynonna deve escolher de que lado da lei ela quer lutar, enquanto limpa o nome de seu lendário bisavô Wyatt Earp de uma vez por todas.
Essa série é baseada em quadrinhos, dessa vez estamos falando de uma mistura de sobrenatural com velho oeste que é altamente viciante. Wynonna é descendente de uma família poderosa e famosa na região de Purgatory. Ela também é amaldiçoada, uma sina que passou por várias gerações. Ela consegue lutar com demônios e, depois de uma temporada fora de casa, volta para casa para se acertar com o passado. Não é como se o pessoal da cidade estivesse muito empolgado em ver a descendente mais velha de Wyatt Earp dando as caras por ali, mas ela acaba se tornando uma aliada valiosa na luta contra os mortos-vivos que assombram a cidade.
Uma das poucas atrações do gênero estrelada por uma heroína, Wynonna Earp fortalece o empoderamento feminino ao concentrar seus holofotes em uma garota casca-grossa, determinada, boca suja e de espírito livre, e por trazer um simpático relacionamento lésbico, assim como colocar mulheres sempre em posição de poder e salvando o dia.


Com 13 episódios em sua 1ª temporada, Wynonna Earp de início dá a impressão de possuir uma trama principal bastante simples, porém, no decorrer da temporada, vai construindo sagas cada vez mais elaboradas e encaminha os seus personagens para jornadas individuais. Mesmo com atuações no geral fracas, efeitos especiais limitados e piadas aparentemente escritas por um adolescente, a série conquista pelo carisma da atriz Melanie Scrofano como Wynonna, por exibir uma história de faroeste sobrenatural e pela personalidade toda original.
Para enfrentar os vilões, Wynonna conta com a ajuda da irmã caçula e sabe-tudo, Waverly (Dominique Provost-Chalkley, de Vingadores: Era de Ultron), do agente federal Dolls (Shamier Anderson, de Raça), da Divisão Tarja Preta, e do misterioso pistoleiro Doc Holliday (Tim Rozon, de Lost Girl). Enquanto isso, do lado das trevas estão Bobo Del Rey (Michael Eklund, de Motel Bates), a bruxa Constance Clootie (Rayisa Kondracki, de Bitten) e diferentes antagonistas de maior ou menor importância, variando entre um episódio e outro.


E ai queridos? Espero que tenham gostado das dicas.
Vocês já assistiram alguma dessas séries? Se sim, gostaram? Se não,tem interesse em alguma?
Beijos carinhosos, Poli 

12 comentários:

  1. Séries que nunca tinha visto falar, ainda bem! Não aguento mais tanto post falando de 13 Reasons Why que, cá pra nós, eu até tinha interesse em assistir, mas depois de tanta gente só falar disso eu até desisti e perdi a vontade. Talvez daqui uns meses eu assista, quando esse fuzuê todo tiver cessado. Enfim, enfim...

    Senti um certo interesse por Wynonna Earp, mas a que me pegou pelo coração foi Kurt Seyit e Sura. Amo séries de época, por conta da fotografia e toda ambientação que as séries atuais não conseguem transmitir. Fiquei super interessada pela sinopse também. Depois de finalizar Black Mirror, 3% e Santa Clarita Diet (agora estou assistindo HIMYM), to querendo um drama romântico pra dar uma variada.

    Obrigada pela indicação! ♥

    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    ResponderExcluir
  2. Senti interesse por Grimm pela temática da série, na vi um ou dois episódios e não me decepcionei, de maneira geral amei suas dicas.
    Sucesso e espero mais dicas hahah

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Eu não conhecia a maioria das séries citadas, e infelizmente não assisti nenhuma delas. Acho bem legal a ideia delas e o seu intuito com a matéria, foi bem útil para mim e irei assistir assim que tiver um tempo! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Adorei as indicações, sequer conhecia as séries e como raramente tenho paciência de procurar algo, vou mesmo por indicação. Acho que vou tentar acompanhar Wynonna Earp este fim de semana.

    ResponderExcluir
  5. Sem dúvidas a Netflix é a mais arrasadora quando se fala em séries! Rsrs Eu não conhecia as que você citou, mas o enredo de Wynonna Earp me chamou muito a atenção e certamente irei assisti-la. Suas dicas foram muito boas! Beijos !

    ResponderExcluir
  6. Eu não conhecia nenhuma dessas indicações - tirando Grimm que comecei a assistir, mas parei porque comecei outra e isso virou uma bola de neve. Achei bacana esse post por ter a chance de conhecer séries diferentes. O problema é acrescentar elas a minha enorme lista de série para assistir, kkkk.

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Infelizmente, eu ando completamente sem tempo e tive que abandonar todas as séries que estava assistindo. Então, por enquanto, não vou começar séries novas.
    No entanto, não conhecia nenhuma dessas que você indicou e fiquei curiosa para assistir Kurt Seyit e Sura. Vou deixar a dica anotada para quando tiver a oportunidade.
    De qualquer forma, adorei o post <3
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Excelente lista!
    Das séries aqui apresentadas o que mais me chamou atenção foi "Grimm". É o tipo de série que assistiria sem pestanejar, pois tem uma premissa muito boa e que me convenceu.
    Adorei as dicas.
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  9. Oi, Poli!
    Sou maníaca por séries! Assisto muito mais que filmes...rsrs... Acompanho Grimm também e amoooo toda o universo que criaram. Vou procurar a outra duas séries porque ainda não conheço.
    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  10. Olá, adorei a dica, dessas eu só acompanho Grimm, mas as outras duas parece bem bacanas *-*

    ResponderExcluir
  11. Adorei suas dicas e sugestões, obrigada. Eu não sou muito de série mas a primeira indicada me chamou muito a atenção e irei procurar por ela. Quanto aos 13 porquês eu me recuso a assistir. Tenho meus motivos. Mas espero que você goste. Obrigada pelas dicas.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Ola
    que legal suas dicas, eu ainda não conhecia nenhuma, adoro séries mas vejo poucas pois acabo focando mais em livros, porém, gostei das sinopses e as dicas estao anotadas

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Blog Quase Adultas - 2017. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Cute Design.
Tecnologia do Blogger.
http://i.imgur.com/dPkEDcC.png